• Ricky Duraes

COMENTÁRIOS RACISTAS INCENDEIAM LOS ANGELES

A vereadora de Los Angeles Nury Martinez – que renunciou ao cargo de presidente na segunda-feira –pediu uma licença temporária do conselho municipal após uma gravação de áudio se ter tornado viral onde fez comentários racistas sobre outro membro do conselho e o seu filho. O presidente Biden defende que a vereadora se deve demitir do cargo.


Foto : G1

"Inaceitável" e "horrível" é como a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, descreveu os comentários racistas como “grosseiros e depreciativos” que surgiram esta semana numa gravação de uma conversa entre três membros do conselho municipal em Los Angeles.

O presidente Biden defende que todos os três membros do conselho devem apresentar a demissão. A gravação foi noticiada pela primeira vez pelo Los Angeles Times no domingo.

Na terça-feira, a vereadora Nury Martinez renunciou a presidência do conselho municipal e anunciou que pretende tirar uma licença, mas não chegou a apresentar a sua demissão total do órgão que anteriormente presidiu. Martinez usou linguagem racista e depreciativa para descrever o filho – que é negro – de outro membro do conselho, usando um termo espanhol que significa “macaco” e afirmando que o menino precisava de “uma tareia”.

Além disso, ela descreveu os imigrantes de Oaxaca em Koreatown como "pessoas pequenas e escuras". Os membros do conselho municipal Gil Cedillo e Kevin de León também participaram da conversa.

Todos os três membros do conselho emitiram desculpas.

Dezenas de manifestantes indignados interromperam uma reunião do conselho da cidade na terça-feira.

A Casa Branca aproveitou a ocasião para criticar os republicanos pelo tratamento dado a incidentes de racismo dentro de seu próprio partido.

"Aqui está a diferença entre democratas e republicanos: quando um democrata diz algo racista ou antissemita... nós responsabilizamos os democratas", disse Jean-Pierre. "Quando um republicano do MAGA diz algo racista e/ou antissemita, é abraçado por uma multidão que aplaude e se torna célebre e procurado."

O vereador Mike Bonin - cujo filho foi objeto das observações depreciativas - fez uma declaração emocionada na terça-feira. "Eu posso aguentar todos os ataques, mas o meu filho?" disse Bonin. Classificando os comentários de seus colegas membros do conselho de imperdoáveis.

0 comments