• Ricky Duraes

COP26: Dinheiro para adaptação de países pobres a alterações climáticas aquém do necessário - ONU

O custo estimado das medidas de adaptação dos países menos desenvolvidos às alterações climáticas é cinco a dez vezes superior ao financiamento disponível para esse fim, alertou hoje a ONU.

As medidas para reduzir a exposição e a vulnerabilidade daqueles países e das suas populações são um dos aspetos centrais do Acordo de Paris, que visa limitar até ao fim do século o aquecimento global a 1,5 graus centígrados (ºC) acima da temperatura média global da era pré-industrial.



Contudo, "os esforços estão longe de ser suficientes e é preciso que a comunidade internacional aumente radicalmente os seus esforços para se adaptar às alterações climáticas", afirmou a responsável do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA), Inger Andersen.

Em 2019, os países com mais rendimentos juntaram 79,6 mil milhões de dólares em financiamento climático, mas as verbas para adaptação continuam a ser o "parente pobre" desta parcela da ajuda aos países menos desenvolvidos.

Num novo relatório, o PNUA estima que serão necessários "140 a 300 mil milhões de dólares até 2030" e "280 a 500 mil milhões até 2050".

0 comments