• Ricky Duraes

Covid-19: Açores com 66 novos casos e 37 recuperações


Foto: Visao SAPO

Ponta Delgada, Açores, 18 dez 2021 (Lusa) – Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 66 casos de covid-19, a par de 37 recuperações e 11 internamentos, somando 355 infeções ativas, divulgou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

Do total de 66 casos, 57 foram registados em São Miguel, seis em Santa Maria e três na Terceira, resultantes de 1.026 testes realizados.

Em São Miguel, foram registados 32 casos no concelho de Ponta Delgada, nove no concelho da Ribeira Grande, nove no concelho da Lagoa, seis no concelho da Povoação e um no concelho de Vila Franca do Campo.

Em Santa Maria, no concelho de Vila do Porto, foram registados seis casos.

Na Terceira foram diagnosticados três novos casos, dois no concelho de Angra do Heroísmo e um no concelho da Praia da Vitória.

Estão 11 doentes internados, 10 no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, dois em Unidade de Cuidados Intensivos, e um no Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo.

Nas últimas 24 horas foram registadas 37 recuperações, sendo que a região soma 355 casos, sendo 311 em São Miguel, 25 na Terceira, 10 em Santa Maria, quatro no Faial, três no Pico, um em São Jorge e um nas Flores.

De 31 de dezembro de 2020 até sete de dezembro, foram vacinadas nos Açores 175.830 pessoas com a primeira dose (74,3%) e 197.309 com a vacinação completa (83,4 %), no âmbito do Plano Regional de Vacinação, sendo que 27.316 utentes receberam o reforço da vacina.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados em relação à pandemia, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia já matou mais de 5,33 milhões de pessoas em todo o mundo desde o final de 2019, de acordo com uma avaliação estabelecida a partir de números oficiais pela AFP na sexta-feira ao meio-dia.

Os Estados Unidos são o país mais enlutado com 806.260 mortes, à frente do Brasil (617.754), Índia (476.869) e México (297.356).

A OMS estima, levando em consideração o excesso de mortalidade direta e indiretamente vinculado à Covid-19, que o número de vítimas da pandemia no mundo pode ser duas a três vezes maior.



0 comments