• Ricky Duraes

Covid-19: Taça Davis à porta fechada em Innsbrück devido a novo confinamento

Innsbrück, Áustria, 19 nov 2021 (Lusa)


Foto: Forbes

Os encontros da Taça Davis em Innsbrück, agendados entre 25 e 30 de novembro, vão decorrer à porta fechada, devido ao novo confinamento decretado pelo governo austríaco, anunciou hoje a Federação Internacional de Ténis (ITF).

“Sei que as seleções, os organizadores e todas as pessoas implicadas na competição partilham a nossa deceção por ver os encontros da Taça Davis em Innsbrück serem disputados à porta fechada”, evidenciou o presidente da ITF, citado em comunicado.

David Haggerty precisou que os preparativos para a eliminatória da principal competição por seleções do ténis prosseguem “em conformidade com todas as diretrizes governamentais” austríacas.

Innsbrück vai acolher os grupos C (França, Grã-Bretanha, República Checa) e F (Sérvia, Alemanha e Áustria) da Taça Davis, enquanto Turim servirá de palco para os encontros das ‘poules’ D (Croácia, Austrália e Hungria) e E (Estados Unidos, Itália e Colômbia) e Madrid aos da A (Espanha, Rússia e Equador) e da B (Canadá, Cazaquistão e Suécia).

A cidade austríaca receberá ainda um encontro dos quartos de final, tal como Turim, enquanto os outros dois quartos de final, as ‘meias’ e a final decorrerão na capital espanhola.

A Áustria vai impor, a partir de segunda-feira, o confinamento de toda a sua população, sendo o primeiro país da União Europeia a regressar a esta solução perante uma nova vaga da pandemia de covid-19.

De acordo com o chanceler austríaco, Alexander Schallenberg, o confinamento durará inicialmente 10 dias, podendo ser renovado para um máximo de 20 dias, caso o primeiro período não seja suficiente para diminuir os novos casos de infeção.

Nos últimos sete dias, o país, que tem uma das taxas de vacinação mais baixas da Europa Ocidental, registou mais de 10.000 novos casos de infeção por dia, um aumento do número de mortes e a sobrelotação dos hospitais com novos doentes com covid-19.

0 views0 comments