• Ricky Duraes

DECISÃO DE ELIMINAR TEMPORARIAMENTE IMPOSTO FEDERAL SOBRE GASOLINA PARA BREVE

Os preços da gasolina continuam a aumentar e o governo de Joe Biden pode tomar a decisão de eliminar temporariamente o imposto sobre a gasolina que representa atualmente cerca de 18 centavos por galão, para fazer face à inflação.



O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, referiu ontem segunda-feira que a decisão de suspender o imposto federal sobre a gasolina pode ser tomada até o final desta semana, no momento em que os Estados Unidos lutam para combater a alta dos preços da gasolina e a inflação, que atingiram valores nunca antes registados nos últimos 40 anos.


A pausa do imposto federal sobre a gasolina é uma entre as várias opções consideradas pelo governo Biden para controlar a inflação e o aumento dos preços da gasolina.


O presidente também disse que sua equipe se reunirá com empresas de petróleo e gás para obter respostas. "Quero uma explicação deles sobre por que não estão a refinar mais petróleo", disse ele.

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, disse no domingo que algumas tarifas sobre a China herdadas do governo do ex-presidente Donald Trump não serviram para "nenhum propósito estratégico" e acrescentou que Biden está a considerar removê-las também como forma de reduzir a inflação. Biden disse no sábado que estava em processo de decisão sobre a redução das tarifas dos EUA sobre a China e planejava falar com o presidente chinês Xi Jinping em breve.


Biden também reiterou na segunda-feira que sentiu que uma recessão nos EUA não é inevitável, e reiterou que se os Estados Unidos, a maior economia do mundo, entrarem em recessão, essa será uma preocupação crescente para os principais executivos, o Federal Reserve e o governo Biden.


O aumento da inflação aumentou a apreensão em quase todos os analistas de políticas do Federal Reserve, depois do maior aumento de juros do banco central em mais de um quarto de século.



0 comments