• Ricky Duraes

"ELE TINHA AS SUAS RAZÕES". MÃE DE ATIRADOR DO TEXAS PEDE PERDÃO

Salvador Ramos, de 18 anos, matou 21 pessoas numa escola em Uvalde, no Texas. A mãe do atirador pediu perdão para si e para o filho, numa entrevista hoje publicada.


Enquanto as autoridades investigam os motivos para Salvador Ramos ter morto 19 crianças e dois adultos numa escola do Texas, a mãe do atirador pediu, esta sexta-feira, que o filho fosse perdoado, assim como ela.


Numa entrevista à Televisiva, uma filial da CNN Internacional, Adriana Martinez, em lágrimas, expressou confusão pelas ações do filho.


"Não tenho palavras. Não sei o que ele estava a pensar. Ele tinha as suas razões para fazer o que fez, por favor não o julguem. Só quero que as crianças inocentes que morreram me perdoem", disse a mulher.


Adriana Martinez acrescentou que o jovem era uma pessoa "muito calada" e "não incomodava ninguém", apesar dos relatos de colegas de turma que disseram que Salvador os ameaçava.


"Perdoem o meu filho e perdoem-me a mim", pediu a mãe do atirador.


Salvador Ramos, de 18 anos, foi o protagonista do mais recente tiroteio em massa numa escola norte-americana. Na terça-feira, o adolescente (que, segundo as autoridades, já apresentara na escola e em casa comportamentos violentos) matou 19 crianças e dois professores na Robb Elementary School, em Uvalde, antes de ser abatido pela polícia.


O tiroteio, o segundo pior massacre escolar nos EUA, relançou o debate em torno da compra e do porte de armas de fogo no país, com os democratas e vários líderes mundiais a apelarem a mais controlo, e os republicanos conservadores a fincar o pé na questão do direito à posse de armas.


Segundo as autoridades locais, o jovem terá comprado duas armas semiautomáticas AR-15 no dia em que fez 18 anos, menos de dez dias antes de cometer o massacre.


Nos dias anteriores ao tiroteio, Salvador contou nas redes sociais e em mensagens privadas que iria cometer o massacre, publicando fotos com as armas recentemente compradas.

2 views0 comments