• Ricky Duraes

Fundo para defesa de jornalistas alvo de acusações judiciais nos Estados Unidos

Os Estados Unidos anunciaram hoje o lançamento de um fundo global para defesa de jornalistas, destinado a profissionais da comunicação social alvo de ações judiciais movidas por governantes autocratas ou oligarcas.

O anúncio foi feito hoje pela administradora da agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), Samantha Power, em Washington, que defendeu o reforço das democracias, por ocasião do 60.º aniversário da agência.

O fundo global vai oferecer apoio monetário a jornalistas "para sobreviver a alegações de difamação" ou para deter políticos nas tentativas de processar repórteres, disse Samantha Power.

A diplomata considerou que as ameaças à democracia estão em constante evolução e só podem ser prevenidas com inovação e renovação do apoio aos jornalistas.

"Democracias estabelecidas também precisam de ajudar a fixar regras globais para tecnologias de vigilância ou desinformação digital, ao passo que os autocratas se tornam mais hábeis nas suas tentativas de controlar e manipular populações", declarou.

Segundo um relatório da Organização das Nações Unidas para a Ciência, Cultura e Educação (UNESCO), divulgado esta semana, 62 jornalistas foram assassinados no ano passado.


0 views0 comments