• Ricky Duraes

HOMEM ACUSADO DE ATAQUE MORTAL NO METRO DE TIMES SQUARE INIMPUTÁVEL

O homem acusado de empurrar uma mulher asiática para a morte no metropolitano de Nova Iorque foi considerado inimputável. O Suspeito será encaminhado para uma unidade psiquiátrica por tempo indeterminado.


Simon Martial, o homem que foi acusado de ter empurrado Michelle Go para a linha do metro em Times Square, na cidade norte-americana de Nova Iorque, no princípio do mês de janeiro provocando-lhe a morte, foi considerado inimputável para ir a julgamento.


De acordo com o jornal The New York Times, Simon será encaminhado para uma unidade psiquiátrica por tempo indeterminado. O mesmo jornal avança que ao longo dos anos, Martial viveu entre as ruas e hospitais devido a questões de saúde mental.


Na primeira audiência, o homem já tinha sido considerado inimputável, tendo o procurador de Manhattan pedido tempo para rever o caso.,


Na segunda audiência confirmou-se a inimputabilidade e Simon ficou à custódia do Departamento de Saúde Mental e Higiene até que seja considerado apto.


Recorde-se que o caso abalou Nova Iorque. Simon Martial, 61 anos, foi acusado pela morte de Michelle Go, 40 anos, no que a polícia descreveu como um ataque não planeado, quando o suspeito emporrou deliberadamente a mulher asiática para as linhas do metropolitano quando uma composição se preparava para entrar na plataforma causando-lhe a morte.


Em janeiro, centenas de pessoas reuniram-se em Times Square para homenagear Michelle Go.

0 views0 comments