• Ricky Duraes

Homem detido por matar sem-abrigo nos EUA também vivia na rua

Gerald Brevard III , o homem detido por ser suspeito de ter alvejado cinco pessoas sem-abrigo em Nova Iorque e do qual resultaram duas mortes em Nova Iorque e em Washington, nos EUA, seria também ele sem-abrigo, de acordo com a família.


O homem que, na terça-feira, foi detido por ser suspeito de ter alvejado cinco pessoas sem-abrigo em Nova Iorque e em Washington, nos EUA, seria também ele sem-abrigo, de acordo com a família.


No fim de semana, os autarcas das duas cidades mostraram-se preocupados com a segurança das pessoas que vivem nas ruas depois de, na sequência destes ataques, pelo menos duas pessoas terem morrido.


Ontem, Gerald Brevard III, de 30 anos, foi detido e acusado de homicídio em primeiro grau.


À altura dos ataques, o primeiro deles a 3 de março, também o suspeito vivia nas ruas, permanecendo apenas esporadicamente na casa de uma tia. A história é contada pelo primo, Dearell Brevard, referindo que sempre que o familiar queria sair das ruas, aparecia na casa da sua mãe e que esta o acolhia sempre.


Segundo a mesma fonte, o homem nunca demonstrou comportamentos ou opiniões negativas em relação aos sem-abrigo, motivo pelo qual a notícia da sua detenção foi recebida com alguma surpresa.


Já o pai do detido revela que, na sua opinião, o sucedido é culpa do sistema que sempre falhou em ajudar o jovem. Segundo este, Gerard não é uma pessoa violenta, mas sim um jovem com problemas de saúde mental.


"O maior problema não é o facto de ele ter problemas mentais, mas o número de vezes em que esteve perante o sistema judicial e como este falhou em proporcionar-lhe o tipo de tratamento que ele precisava", referiu o pai.

0 comments