• Ricky Duraes

Moçambique e Portugal deverão estreitar cooperação bilateral no domínio dos oceanos

Vilanculos, Moçambique, 19 nov 2021 (Lusa)


Foto: Noticias ao Minuto

Moçambique e Portugal deverão estreitar a cooperação bilateral no domínio dos oceanos, tendo em vista a conferência agendada para junho de 2022 em Lisboa, disse hoje o ministro do Mar português.

“Quer o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, quer a ministra do Mar, Augusta Maita, manifestaram empenho em ajudar na Conferência dos Oceanos”, declarou à Lusa Ricardo Serrão Santos.

O governante português falava à margem da 2.ª Conferência Internacional Crescendo Azul, centrada nos oceanos e que decorreu em Vilanculos, na província de Inhambane, sul de Moçambique.

Para Ricardo Serrão Santos, a Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, a ser coorganizado por Portugal e Quénia, vai despertar o interesse de qualquer país que tenha a proteção da biodiversidade na agenda de desenvolvimento, uma luta que deve ser travada de forma coletiva.

“O empenho na agenda de 30% de áreas marinhas protegidas até 2030 é no fim de contas um objetivo comum" e consta dos objetivos dos dois países, acrescentou.

Ricardo Serrão Santos lembrou que Moçambique e Portugal já têm um acordo de cooperação que abrange áreas como segurança marítima e formação.

“Está ser criada uma comissão para acompanhar este acordo bilateral e, portanto, isto vai para frente. Isto não é um início, mas sim é dar seguimento ao que já estava a acontecer”, frisou o governante português.

A 2.ª edição da Conferência Internacional "Crescendo Azul" decorreu na quinta-feira e hoje, juntando mais de 1.500 pessoas em Vilanculos, na província de Inhambane, com o objetivo de promover uma economia baseada nos oceanos, debatendo mecanismos para a proteção da biodiversidade em Moçambique.

O evento foi subordinado ao lema “Investir na saúde do oceano é investir no futuro do planeta”, sendo que Moçambique conta com uma zona costeira de cerca de 2.700 quilómetros virada para o oceano Índico.

Além de uma intervenção na sessão de abertura, na quinta-feira, Ricardo Serrão Santos foi orador hoje, no último dia do evento, onde apresentou o tema “A Caminho da Segunda Conferência dos Oceanos, Lisboa 2022”.

0 comments

Recent Posts

See All