top of page
  • Ricky Duraes

NOVO ACESSO LINGUÍSTICO A USVISADELAYS.COM INCLUI LÍNGUA PORTUGUESA

A U.S. Travel Association adicionou acesso em língua espanhola e portuguesa à sua campanha online contra os longos tempos de espera de vistos.


A mudança surge no meio de tempos de espera teimosamente elevados para vistos para pessoas de parceiros essenciais de negócios e turismo, como o México e o Brasil, prejudicando o turismo dos EUA e as receitas comerciais internacionais.

O novo acesso linguístico a USVisaDelays.com e a campanha associada "They Wait, We Lose" refletem o impacto de países como o México e o Brasil na indústria de viagens norte-americana.

De acordo com um relatório de outubro da U.S. Travel, os atrasos vão manter 6,6 milhões de pessoas longe dos Estados Unidos em 2023, o que levará a uma perda de 11,6 mil milhões de dólares em despesas previstas.

Para o visto de turismo/negócio mais comum, o B-1/B-2, os candidatos são obrigados a realizar uma entrevista presencial com um funcionário do Departamento de Estado no consulado onde se candidatam.

Os candidatos pela primeira vez enfrentam uma espera média de 400 dias para agendar essa entrevista, com atrasos até 800 dias, e um tempo médio de processamento de 600 dias no México, de acordo com a U.S. Travel.

Com a incorporação de duas novas opções de linguagem espera-se que o processo seja muito mais célere.

0 comments
bottom of page