• Ricky Duraes

“ROE VS WADE” PROVOCA RACIONAMENTO DA PÍLULA DO DIA SEGUINTE

A consequência da decisão do supremo tribunal já tem efeitos económicos Algumas das grandes empresas farmacêuticas dos Estados Unidos estão a fazer um racionamento da pílula do dia seguinte face a um aumento da procura. Há ainda relatos de aumentos de preços nalguns mercados online.


Algumas das grandes empresas farmacêuticas dos Estados Unidos estão a fazer um racionamento da pílula do dia seguinte face a um aumento da procura depois de, na semana passada, o Supremo Tribunal daquele país confirmar a decisão de revogar o processo 'Roe v. Wade', que concedeu o direito constitucional ao aborto no país há quase 50 anos.


Segundo o Wall Street Journal, as farmácias começaram a limitar as compras do contracetivo de venda livre, que esta segunda-feira de manhã já se encontrava em falta ou esgotado nos sites de algumas das principais farmácias, como a CVS Pharmacy, que começou a limitar as compras.


O Walmart, por exemplo, tinha alguns comprimidos disponíveis sem limitações, mas apenas nos casos em que não seriam enviados até ao próximo mês. Para as entregas desta semana também foi imposto um limite de compras.


Um representante da CVS indicou que o objetivo é garantir um “acesso equitativo” aos contracetivos.


Há ainda relatos de aumentos de preços nalguns mercados online.


Recorde-se que a pílula do dia seguinte é o único método que pode ser utilizado após a relação sexual para prevenir a gravidez, devendo ser tomada nas primeiras 48 horas após a relação sexual, mas apenas quando o método contracetivo habitual falha.

Geralmente, este método contracetivo está disponível sem receita médica.

0 comments