• Ricky Duraes

Parque de contentores cresce de 120 para 480 unidades no Porto de Ponta Delgada

Ponta Delgada, Açores, 13 nov 2021 (Lusa)


Porto Ponta Delgada / Foto:RTP

O Porto de Ponta Delgada vai ver aumentada a sua capacidade de receção de contentores de 120 para 480 unidades, anunciou hoje o secretário regional dos Transportes, Turismo e Energia dos Açores, Mota Borges.

Mota Borges visitou hoje a obra em curso, de reperfilamento no Porto de Ponta Delgada, tendo considerado que esta era “necessária para racionalizar” a operação de carga e descarga dos navios” naquela infraestrutura portuária da ilha de São Miguel.

O titular da pasta dos Transportes especificou que com esta obra em curso pretende-se que o projeto tenha “impacto não só em termos de segurança da operação, através da racionalização dos movimentos de carga e descarga”, bem como na “redução de custos gerais dos transportes e da mercadoria”.

Mota Borges anunciou que a obra, orçada em 30 milhões de euros, deverá estar concluída em maio de 2023, tendo-se iniciado em 2020, estando a decorrer “a um ritmo bastante interessante, sem interrupções”.

A obra em curso vai permitir a operação de três navios em linha, mas foi necessário proceder a rebentamentos no interior do porto para ganhar profundidades que fossem compatíveis com as embarcações, através da eliminação de maciços rochosos no interior da baia.

Os rebentamentos, que deverão terminar na próxima semana, geraram queixas de 24 moradores de Ponta Delgada, devido a danos em edifícios, tendo sido estas encaminhadas para a empresa pública Portos dos Açores, dona da obra, que as reencaminha para o empreiteiro da obra, explicou Mota Borges.

Mota Borges referiu que foi lançada entretanto outra obra, que visa o reforço do molhe do Porto de Ponta Delgada, sendo que, “em principio, em janeiro, haverá condições para se fazer a sua consignação, dando uma segurança reforçada” à infraestrutura portuária.

O secretário regional considerou que esta é a “maior obra” pública dos Açores, se somada a do reforço do molhe, mas este “é o porto mais importante que existe nos Açores e é deste que decorre a distribuição” para os restantes portos da região.

O Porto de Ponta Delgada representa cerca de 65% do movimento de mercadorias, nos portos comerciais dos Açores.

A empreitada foi adjudicada ao Consórcio Externo das empresas Teixeira Duarte/Tecnovia Açores/Marques S.A./Etermar/Seth e a consignação da obra ocorreu no dia 15 de maio de 2020.

1 view0 comments