• Ricky Duraes

Portugal empata na Irlanda e joga 'final' no domingo

A seleção nacional não foi além de um empate, esta quinta-feira, na visita à República da Irlanda (0-0), naquele que foi o penúltimo jogo desta fase de qualificação para o Mundial'2022. Numa noite para esquecer de Portugal, com uma exibição desastrosa, Fernando Santos ficou, ainda, com mais um problema para domingo: Pepe foi expulso e não pode jogar contra a Sérvia.

Apesar da péssima exibição, Portugal assume a liderança do grupo A, com os mesmos pontos (17) da Sérvia. Ou seja, no domingo joga-se uma verdadeira final no Estádio da Luz.

A diferença de golos dá vantagem aos portugueses e um empate bastará à seleção nacional para carimbar a passagem à fase final do Mundial'2020.


Irlanda - Portugal/ Foto: DEPOR

A primeira parte foi tudo menos bem conseguida para a seleção das quinas. Com Fernando Santos a querer proteger vários jogadores amarelados, os irlandeses levaram o jogo para o lado físico e conseguiram impedir qualquer tentativa de ataque operada pelos portugueses. A bem da verdade, a seleção nacional revelou, durante os primeiros 45 minutos, pouco critério na circulação de bola e pouca ligação entre os setores, sendo que vários jogadores estiveram visivelmente abaixo do nível habitual.

O nulo ao intervalo era, por isso, mais do que previsível. De resto, o único ponto positivo prende-se com o registo de Pepe. O experiente defesa português tornou-se no jogador mais velho de sempre a jogar pela seleção nacional.

A segunda parte continuou na mesma toada e Portugal continuava com muitas dificuldades em criar lances de golo junto da grande área adversária. Fernando Santos foi mexendo na equipa, lançando Rafael Leão, João Moutinho, João Félix e Renato Sanches, mas a seleção nacional continuava longe de ser uma equipa perigosa e capaz de criar dificuldades aos irlandeses.

A missão portuguesa complicou-se, ainda mais, aos 80 minutos. Pepe viu o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho e foi para o balneário mais cedo, deixando a seleção reduzida a 10 jogadores e os irlandeses ainda com mais confiança.

Ainda assim, o resultado não se alterou e o nulo imperou ao final dos 90 minutos. E, diga-se, com toda a justiça. O jogo foi fraco e não merecia, de facto, golos de nenhuma das equipas.

O apuramento ficará decidido no domingo, frente à Sérvia. A jogar assim será complicado bater os sérvios. O empate bastará, é verdade, mas pode ser muito arriscado.

2 views0 comments